segunda-feira, fevereiro 09, 2009

Passarim mineiro

Cd Passarim 1987- Jobim

O passarim disputa
consigo mesmo
o caído
pão de queijo
no asfalto

Adrenalina na veia
voos e des-voos
volta
desejoso
do nectar mineiro
caido no asfalto

O bondoso
descuido
do feitor de pães
que o derrama
à alimentar, à revelia
incosciente, inconsequente

Faz com canção
o passarim asfáltico
agradecer

...
Ricardo F. Silva
"Nuwanda"

2 comentários:

Lucas de Oliveira disse...

O passarim não seria "ASFÁLTICO" ?
Não isso seja importante, mas tem um S sobrando na palavra.

Quanto ao poema, deu até saudade da Praça 7 em BH, o cafézim forte e sem açúcar, o pãozim de quejo e a bossa...

Ah, Minas! Como disse o poeta, "só pra te amar, três corações".

Bom demais, véi!

Anderson disse...

o passarim agora voa trankilo,sabendo não mais precisar disputar com outros o pão jogado ao asfalto....rs