sexta-feira, novembro 28, 2008

Diálogo sobre a tristeza e o amor.


Lucas:

Pois é...

Quando eu escrevo é pra jogar a tristeza em você! rs
A alegria e o amor, eu deixo no peito, sempre.

Ricardo:

Quem precisa de amor e alegria numa época tão triste?
Fique mesmo com eles, se acabe, desigual, diferente.

E despeje sua amargura nos outros.
em mim.
nada pode doer mais do que viver.
entretanto, sigo vivendo, em algum conluio secreto com a dor.
em alguma esperança de amar.
e um dia ser como tu.
despeja-dor.

3 comentários:

ricardo f. silva disse...

nao pode andar por ae aterrorizando e sem sofrer consequencias.
:)

LUCAS DE OLIVEIRA disse...

rsrs

consequências bem vindas e bem chegadas! ;D

♕deliriuum ƒreakyΨ disse...

para tal texto expressarei a máxima de Caio "Anemia"...
" A VIDA É TRISTE!"

talvez isso que a faça tão bela!!
impossibilidades são as janelas pro infinito!!